Num período da história em que a população mundial se debate com um problema comum, a pandemia de COVID-19, aproveitámos para analisar os formatos Mundo Sem Muros, da RTP 3, e Invasões Bárbaras, da SIC Notícias, dois programas de televisão que se centram na opinião e debate entre personalidades e jornalistas internacionais, residentes em Portugal, sobre as notícias e a atualidade nacional e internacional.

Ainda que estes dois programas não sejam concorrentes diretos, uma vez que as suas transmissões acontecem em horários muito distintos, um nas manhãs de sábado, outro nas madrugadas de domingo, a similaridade entre estes dois formatos levou-nos a analisar qual teve a preferência dos telespetadores portugueses no último mês.

Nas suas primeiras quatro emissões, Invasões Bárbaras foi visto, em média, por 30712 pessoas. O episódio com maior audiência foi o do último domingo, dia 18, com 47148 telespetadores e um share de 3,10%. No sentido inverso, a emissão deste formato com menor audiência foi a de dia  4 de outubro onde, com 19334 telespetadores, atingiram um share de 1,02%.

Mundo Sem Muros teve, nas últimas quatro emissões, uma média de 13947 telespetadores. O episódio com maior audiência neste período foi o do dia 03 de outubro, com 20706 telespetadores e um share de 1,28%. Inversamente, a emissão com menor audiência neste período foi para o ar no último sábado, dia 17, tendo sido vista por 5490 telespetadores, que resultaram num share de 0,33%.

Invasões Bárbaras estreou no passado dia 29 de setembro, na SIC Notícias, e, como foi referido anteriormente, conta com apenas quatro emissões. É moderado pela jornalista Iryna Shev e tem como painel de comentadores a luso-britânica Helga Saraiva-Stewart, Founder & CEO da Lead-Results e docente na NOVA SBA, José Milhazes, jornalista nacional que residiu mais de 40 anos na Rússia, onde foi correspondente para vários meios de comunicação nacional, e Olivier Bonamici, o jornalista desportivo franco-italiano que reside em Portugal há mais de 20 anos. A sua periodicidade é semanal, com emissão nas madrugadas de domingo, tendo início por volta das 0:00h e uma duração de aproximadamente 50 minutos.

Segundo a SIC Notícias, Invasões Bárbaras traz-nos “Quatro olhares cruzados com raízes ucranianas, franco-italianas, luso-eslavas e anglo-saxónicas sobre o retângulo nacional (e não só)”.

Mundo Sem Muros estreou em julho de 2017 e já vai na sua 4ª temporada, com mais de 120 episódios transmitidos. Tem como moderador o jornalista Paulo Dentinho e um painel de comentadores composto por Catarina Demony, correspondente da Reuters UK em Portugal, Giuliana Miranda, jornalista brasileira em Portugal desde 2015, que acompanha a atualidade nacional e outros temas europeus para a Folha de São Paulo, Marcello Sacco, jornalista freelancer italiano, correspondente em Portugal para diversos meios de comunicação italianos, e Miguel Szymanski, escritor e jornalista que trabalha na Alemanha e em Portugal, correspondente para o semanário Der Freitag e para o jornal Portugal Post, que comenta também a atualidade nacional para várias televisões e rádios na Alemanha e na Áustria. Mundos Sem Muros é um programa semanal, com transmissão aos sábados de manhã, por volta das 11 horas, e com uma duração de cerca de 46 minutos.

A RTP apresenta Mundos Sem Muros como um “programa semanal sobre temas da atualidade com a presença de correspondentes da imprensa internacional em Lisboa.”.

A análise Cision apresentada baseia-se no número médio de telespetadores que assistiram a cada programa de TV.

Fonte de dados: CAEM/GfK

About Susana Fernandes

Media Researcher, Cision
Formada em Comunicação Organizacional, vesti a camisola da CISION em 2006, tendo tido a oportunidade de trabalhar em áreas tão distintas como as Análises de Media, as Análises de Social Media e, agora, o Media Research.
Adoro comunicar, pessoas do bem, gatinhos fofinhos - há outro tipo?! - e todos os momentos que consigo passar no meu tapete de Yoga, não necessariamente por esta ordem.