Após, em novembro passado, se ter estreado em mercados como o dos Estados Unidos, Canadá, Nova Zelândia, Austrália e Holanda, o serviço de streaming Disney+ planeia a sua expansão no mercado europeu, chegando, em março, ao Reino Unido, Irlanda, França, Alemanha, Itália, Espanha, Áustria e Suíça e, em setembro, a Portugal, Finlândia, Noruega, Suécia, Dinamarca, Bélgica, Luxemburgo e Islândia.

Esta plataforma, que concorre diretamente com a Netflix e a HBO Portugal, dá acesso aos conteúdos da Disney, Pixar, Marvel, Star Wars e National Geographic, bem como a conteúdos originais e exclusivos, e estará disponível por 6,99 euros mensais ou por 69,99 euros, caso se opte por uma assinatura anual.

O Disney+ pode ser acedido através da maioria dos dispositivos móveis, smart tvs, computadores, consolas de jogos e dispositivos de streaming. Pode ser visualizado em quatro ecrãs em simultâneo, com downloads ilimitados em até 10 dispositivos. Cada conta poderá ter até 7 perfis, onde serão disponibilizadas recomendações personalizadas, incluindo contas infantis, que terão menus simplificados e acesso restrito a conteúdos apropriados para a faixa etária.

About Susana Fernandes

Media Researcher, Cision
Formada em Comunicação Organizacional, vesti a camisola da CISION em 2006, tendo tido a oportunidade de trabalhar em áreas tão distintas como as Análises de Media, as Análises de Social Media e, agora, o Media Research.
Adoro comunicar, pessoas do bem, gatinhos fofinhos - há outro tipo?! - e todos os momentos que consigo passar no meu tapete de Yoga, não necessariamente por esta ordem.