Filomena estreou-se como apresentadora do 5 Para a Meia-Noite em junho de 2009, quando este era ainda emitido na RTP2. Deixou o programa em 2011 e regressou em setembro de 2016, a solo, num formato semanal, exibido na RTP1. 

O seu percurso neste programa foi marcado por entrevistas e momentos de humor que originaram as melhores audiências de sempre deste formato. No Top 5 do 5 temos, em primeiro lugar, a edição de 9 de janeiro de 2020, que contou com Cristina Ferreira e Wuant como convidados e que foi vista por 574795 telespectadores. Na segunda posição, a emissão de 10 de maio de 2018, after show do Festival Eurovisão da Canção de 2018, que teve Aurea, Cláudia Pascoal e Isaura como convidadas, e foi visto por 464846 pessoas. Na terceira posição dos episódios mais vistos de sempre está o 5 Para a Meia Noite: 10 Anos Disto, que foi para o ar em 27 de junho de 2019, com a presença de Manuel Luís Goucha, Avô Cantigas e Cais Sodré Funk Connection, e que foi visto por 431579 telespetadores. A quarta edição mais vista de sempre do 5 foi em “edição caseira”, e foi para o ar no dia 9 de abril de 2020, com Ana Gomes, Luís Borges, Paulo Battista, Cláudia Pascoal, e que foi visto por 422420 pessoas. Na última posição deste Top 5 do 5, está a emissão de 7 de junho de 2018, que teve Hélder Postiga, Fernando Ribeiro, Rosinha, Cecilia Krull como convidados e que foi vista por 406741 pessoas.

Onze anos depois da sua estreia, a primeira cara do 5 para a Meia Noite despediu-se ontem do programa.

A apresentadora confirmou que sai do 5 mas que não irá deixar a RTP, onde apresenta o concurso Quem Quer Ser Milionário – Alta Pressão, emitido aos sábados à noite. Em agosto, chegará a segunda temporada do programa I Love Portugal, igualmente emitido na estação pública, que apresenta com Vasco Palmeirim.

“Vou sair do 5 Para a Meia Noite porque acho que se continuasse aqui ia tornar este programa numa coisa que ele não é e acho que tenho de respeitar o legado de 11 anos que se viveu aqui. Eu tenho de lhe fazer outra coisa. Isto não é o programa da Mena, isto é o 5 Para a Meia Noite”, referiu, ontem, no programa de despedida

Num programa carregado de emoções, Cautela revelou a sua forte ligação a este formato afirmando que “O 5 Para a Meia Noite é o lugar onde eu já fui a mulher mais feliz do mundo e a mulher mais infeliz do mundo. Não há nada como este programa na televisão e foi por isso que me mantive aqui tanto tempo”.

Seguiram-se os agradecimentos à equipa que durante todos estes anos tornou este programa possível, salientando uma pessoa em especial. “Tenho de agradecer muito a uma equipa a RTP e a uma pessoa em especial, Gonçalo Madail, que há muitos, muitos anos, quando ninguém queria saber de mim para absolutamente nada, foi a única pessoa que contra toda a gente disse: ‘Não, eu quero a miúda’. Portanto, Gonçalo, tudo o que eu consegui profissionalmente é graças a ti. Obrigada, não esqueço nada”, referiu, sem esconder a emoção. 

Durante a sua última emissão ao comando do 5, Filomena reiterou diversas vezes que não iria chorar, mas, no momento da despedida final, foi impossível conter a emoção e, com uma voz embargada e algumas lágrimas, encerrou este capítulo profissional e pessoal com um “Foi o meu último 5 Para a Meia Noite, obrigada a todos”.

About Susana Fernandes

Media Researcher, Cision
Formada em Comunicação Organizacional, vesti a camisola da CISION em 2006, tendo tido a oportunidade de trabalhar em áreas tão distintas como as Análises de Media, as Análises de Social Media e, agora, o Media Research.
Adoro comunicar, pessoas do bem, gatinhos fofinhos - há outro tipo?! - e todos os momentos que consigo passar no meu tapete de Yoga, não necessariamente por esta ordem.