O jornalista, realizador e ex-deputado Vicente Jorge Silva morreu na madrugada desta terça-feira, com 74 anos.

Nasceu a 8 de novembro de 1945, no Funchal, onde começou por escrever artigos sobre filmes, a sua verdadeira paixão, no Jornal da Madeira e onde se tornou diretor do Comércio do Funchal, jornal regional quase inativo na altura e que marcou a oposição à ditadura.

Depois de 1974 ingressou como diretor-adjunto no Expresso, onde lançou o Expresso – Revista.

Foi colunista em várias publicações, entre as quais o Sol, onde assinou a coluna “O Arco e a Flecha, até novembro de 2015, e o Público, com “A Esquina do Mundo”.

Entre 2002 e 2004 foi deputado pelo Partido Socialista, eleito pelo círculo de Lisboa, uma experiência que não lhe agradou.

Dos filmes que realizou, destacam-se “O Discurso do Poder” (1976), “Vicente Fotógrafo” (1978) e “Porto Santo” (1997).

A notícia foi avançada pelo jornal Público.

About Ana Faustino

Research Team Leader da Cision Portugal
Coordenadora do departamento responsável pela recolha e análise de dados sobre Meios de Comunicação Social (nacionais e internacionais) e Influenciadores (produtores de conteúdos editoriais e influenciadores digitais).
Responsável pelos relatórios anuais do Panorama dos Media e Embaixadora da Cultura e Eventos da Cision Portugal.
Licenciada em Comunicação Social, trabalha em media intelligence, desde 2015.
Gosta de novos desafios, ávida por aprender, sejam idiomas ou a utilização de novas ferramentas e funcionalidades, às quais se dedica afincadamente, com vista a acelerar procedimentos. Autodidata, sempre que necessário.
Não concebe um dia bem passado sem dança, música, literatura ou viagens. Sorridente.