Em entrevista ao jornal Público, o empresário do Grupo Bel, Marco Galinha, revelou os objetivos para o Global Media Group, nos próximos 6 meses. Deter 51% do grupo, regressar à edição diária impressa do Diário de Notícias, mais focado para a região de Lisboa e o Jornal de Notícias para a região norte, duas edições locais d’O Jogo, desenvolver um projeto para pessoas com dificuldades e reforçar a imagem de que “tudo o que se passa, passa na TSF“.

Pelo caminho, estão previstos despedimentos no Global Media Group, de cerca de 120 trabalhadores, de acordo com a notícia divulgada pelo Observador. Sobre este tema, Marco Galinha referiu: “A GMG tem um plano de reestruturações do passado que está a ser implementado. (…) Nós, em seis meses, conseguiremos ter um EBITDA zero. Queremos sair de prejuízos (de um milhão/mês) em seis meses”. Indicou, ainda, “Uma coisa é o plano passado que eles têm com os despedimentos, não é nosso, é deles. A nossa condição de compra foi que eles tinham que executar esse plano e deve estar a ser executado. Mas isso é o passado, não é o futuro. E o futuro do grupo é investimento, no DN, em novos jovens jornalistas.”

O Grupo Bel – fundado em 2001 e com interesses em diversos setores, como a distribuição de bebidas, cafés e tabaco, automação, aeronáutica e aeroespacial, imobiliário e mobiliário, transportes ecológicos, tecnologia e comunicação – é, também, detentor de uma quota de 10% na Mediafin, dona do Jornal Económico, jornal do qual chegou a deter 35%.

Os restantes acionistas da Global Media Group são a KNJ Global Holdings Limited (35,25%), José Pedro Carvalho Reis Soeiro (24,5%), Olivemedia, Unipessoal (19,25%) e a Grandes Notícias (10,5%).

Fundado em 1864, o Diário de Notícias é o jornal português, de âmbito nacional, em exercício, mais antigo e conta, atualmente, com edições diárias digitais e uma edição impressa ao sábado, com uma tiragem de 15 750 exemplares, em média, por edição. O Global Media Group detém, também, o jornal português, no ativo, mais antigo, o Açoriano Oriental, de 1835, de âmbito regional. O primeiro jornal português nasceu a 1 de Dezembro de 1640, um ano depois de Portugal recuperar a independência, com o nome Gazeta em Que Se Relatam as Novas Que Houve Nesta e Que vieram de Várias Partes, conhecida como a Gazeta da Restauração.

About Ana Faustino

Research Team Leader da Cision Portugal
Coordenadora do departamento responsável pela recolha e análise de dados sobre Meios de Comunicação Social (nacionais e internacionais) e Influenciadores (produtores de conteúdos editoriais e influenciadores digitais).
Responsável pelos relatórios anuais do Panorama dos Media e Embaixadora da Cultura e Eventos da Cision Portugal.
Licenciada em Comunicação Social, trabalha em media intelligence, desde 2015.
Gosta de novos desafios, ávida por aprender, sejam idiomas ou a utilização de novas ferramentas e funcionalidades, às quais se dedica afincadamente, com vista a acelerar procedimentos. Autodidata, sempre que necessário.
Não concebe um dia bem passado sem dança, música, literatura ou viagens. Sorridente.