Na 6ª edição do Prémio de Jornalismo “Os Direitos da Criança em Notícia”, Ana Mafalda Inácio, do Diário de Notícias, Rita Colaço, da Antena 1 e Maria Amélia Moura Ramos, da SIC, são as vencedoras, nas categorias de imprensa/online, rádio e televisão, respetivamente. Os três trabalhos focaram-se num dos direitos fundamentais das crianças: o direito a uma família ou, em caso de impossibilidade, o direito a proteção e assistência especial por parte do Estado.

Para além dos primeiros prémios, foram, ainda, atribuídas dez Menções Honrosas, para espaços jornalísticos da Antena 1 e Antena 2 e para reportagens apresentadas noutros órgãos de comunicação social: Expresso, Observador, Rádio Renascença, Rádio Renascença Online, RTP, Sapo 24 e SIC (2 Menções).

Promovido pelo Fórum sobre os Direitos das Crianças e dos Jovens e patrocinado pela Sociedade Portuguesa de Autores, este prémio visa reconhecer e valorizar as melhores coberturas jornalísticas baseadas nos Direitos das Crianças, estabelecidos pela Convenção sobre os Direitos das Crianças da ONU (1989).

Entre as 52 peças jornalísticas aceites no concurso de 2019, várias foram as problemáticas abordadas, como a violência no namoro, a regulação da responsabilidade parental, o cancro pediátrico, o abuso sexual, os maus-tratos, o abandono, o bullying, o brincar e as crianças imigrantes.

Imprensa/Online
1 º Prémio

Ana Mafalda Inácio (Diário de Notícias) – três peças, inseridas em dossier temático sobre adoção:
Adoção: crianças que perderam tudo e ganharam tudo;
Crianças dadas à nascença para adoção esperam um ano ou mais a decisão de juízes;
Interrupção da adoção. “Fui devolvido. Ninguém me quer…”

Menções Honrosas (4)
Luciana Leiderfarb (Expresso) – Em nome do Filho
Margarida Alpuim (Sapo 24) – Era uma vez na Casa Acreditar
Joana Gonçalves (Rádio Renascença online) –Vítimas silenciosas, testemunhas silenciadas. “As crianças são completamente esquecidas pelo Estado”
Tânia Pereirinha (Observador) – Bebés doentes ou indesejados, abandonados com dias de vida. Foram 10 num só ano e C. foi um deles

Rádio
1 º Prémio

Rita Colaço (Antena 1) – Mami Huambo, grande reportagem realizada em Angola.
Menções Honrosas (3)
Sandy Gageiro (Antena 2) – Rubrica Lilliput
Projeto Rádio Zig Zag-rádio online, do Grupo RTP
Teresa Paula Costa (Rádio Renascença) – Regresso ao futuro: a Telescola ou o direito de aprender a brincar

Televisão
1º Prémio

Maria Amélia Moura Ramos (SIC) – Entregues à Sorte, investigação histórica sobre crianças açorianas entregues a famílias norte-americanas da Base das Lages.
Menções Honrosas (3)
Ana Luísa Rodrigues (RTP) – pelas reportagens sobre Direito à infância
Ana Catarina Joglar (SIC) – por dois trabalhos, Em Nome dos Pais, dos Filhos e do Espírito Livre e O Todo é Maior que a Soma das Partes
Pedro Manuel Coelho (SIC) – por dois trabalhos, Via Sacra, e Amina: uma jovem afegã entre dois mundos

Nota de Imprensa Prémio de Jornalismo (SPA)

About Ana Faustino

Research Team Leader da Cision Portugal
Coordenadora do departamento responsável pela recolha e análise de dados sobre Meios de Comunicação Social (nacionais e internacionais) e Influenciadores (produtores de conteúdos editoriais e influenciadores digitais).
Responsável pelos relatórios anuais do Panorama dos Media e Embaixadora da Cultura e Eventos da Cision Portugal.
Licenciada em Comunicação Social, trabalha em media intelligence, desde 2015.
Gosta de novos desafios, ávida por aprender, sejam idiomas ou a utilização de novas ferramentas e funcionalidades, às quais se dedica afincadamente, com vista a acelerar procedimentos. Autodidata, sempre que necessário.
Não concebe um dia bem passado sem dança, música, literatura ou viagens. Sorridente.