O Dinheiro é Verde“, dos jornalistas Margarida Vaqueiro Lopes e Paulo Zacarias Gomes, da EXAME, foi o vencedor do Grande Prémio de Jornalismo Económico, na categoria de Sustentabilidade e Inovação Empresarial. Os autores têm direito a um prémio pecuniário no valor de 10.000 euros.

Publicado em maio de 2019, este artigo sobre a sustentabilidade ambiental nos negócios e na economia trouxe este galardão à revista EXAME, pelo segundo ano consecutivo e ao grupo Trust in News, pelo terceiro ano consecutivo.

Na categoria de Gestão de Empresas e Negócios, o Prémio de Jornalismo Económico foi atribuído ao trabalho “O Grande Assalto ao Banco do Estado“, assinado por Alexandre Malhado, Ana Taborda, Bruno Faria Lopes, Carlos Rodrigues Lima e Eduardo Dâmaso e publicado na revista SÁBADO, em fevereiro de 2019.

Sílvia Caneco foi a autora do texto “3 000 000 000€. BESA, a Anatomia de um Golpe“, vencedor na categoria Mercados Financeiros e publicado na edição de 7 de fevereiro, da revista VISÃO.

Esta foi a 14.ª edição do Prémio de Jornalismo Económico, uma parceria entre o Banco Santander e a Universidade NOVA de Lisboa, que “visa distinguir os melhores trabalhos publicados anualmente na comunicação social de imprensa escrita, nas áreas de Gestão de Empresas e Negócios, Mercados Financeiros, e Economia e Sustentabilidade”.

About Ana Faustino

Research Team Leader da Cision Portugal
Coordenadora do departamento responsável pela recolha e análise de dados sobre Meios de Comunicação Social (nacionais e internacionais) e Influenciadores (produtores de conteúdos editoriais e influenciadores digitais).
Responsável pelos relatórios anuais do Panorama dos Media e Embaixadora da Cultura e Eventos da Cision Portugal.
Licenciada em Comunicação Social, trabalha em media intelligence, desde 2015.
Gosta de novos desafios, ávida por aprender, sejam idiomas ou a utilização de novas ferramentas e funcionalidades, às quais se dedica afincadamente, com vista a acelerar procedimentos. Autodidata, sempre que necessário.
Não concebe um dia bem passado sem dança, música, literatura ou viagens. Sorridente.