O Global Media Group (GMG), proprietário de meios como o Diário de Notícias, Jornal de Notícias, TSF e O Jogo, entre outros, prevê uma redução 15 milhões de euros no total de gastos operacionais, dos quais 7,8 milhões de euros em custos salariais, alcançando um resultado operacional positivo, em 2021 e lucro, em 2022, de acordo com um documento a que a Lusa teve acesso.

A redução com custos salariais surge na sequência do despedimento coletivo de 81 colaboradores, dos quais 17 jornalistas.

No ano passado, o grupo registou prejuízos de 7,5 milhões de euros, de acordo com a demonstração de resultados que consta da carta. “A Global Notícias tem vindo a apresentar ‘cash flow’ operacional negativo recorrentemente, em resultado da sua atividade deficitária e do peso da sua estrutura de custos quando comparado com o volume de faturação”, afirma.

Para 2020, em ano de confinamento, o Global Media Group prevê prejuízos de 12 milhões de euros.

“Não obstante, a empresa necessitará ainda de suportar os seus resultados financeiros e impostos, conseguindo apenas atingir resultado líquido positivo em 2022”, aponta a carta.

About Ana Faustino

Research Team Leader da Cision Portugal
Coordenadora do departamento responsável pela recolha e análise de dados sobre Meios de Comunicação Social (nacionais e internacionais) e Influenciadores (produtores de conteúdos editoriais e influenciadores digitais).
Responsável pelos relatórios anuais do Panorama dos Media e Embaixadora da Cultura e Eventos da Cision Portugal.
Licenciada em Comunicação Social, trabalha em media intelligence, desde 2015.
Gosta de novos desafios, ávida por aprender, sejam idiomas ou a utilização de novas ferramentas e funcionalidades, às quais se dedica afincadamente, com vista a acelerar procedimentos. Autodidata, sempre que necessário.
Não concebe um dia bem passado sem dança, música, literatura ou viagens. Sorridente.