A Autoridade da Concorrência (AdC) emitiu um parecer sobre a Oferta Pública de Aquisição (OPA) lançada sobre Media Capital, tendo deliberado “adotar uma decisão de não oposição à operação de concentração” da Pluris Investment com a dona da TVI. A decisão é suportada pela ANACOM e pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social, a quem a AdC solicitou parecer depois da notificação da empresa de Mário Ferreira sobre a operação de aquisição de 70% do capital do grupo dono da TVI.

Recorde-se que esta OPA foi lançada em resposta a uma determinação da CMVM. Apesar de ter recebido “luz verde” dos reguladores, a operação só poderá avançar depois de ser determinado um preço.

Em comunicado, “a Pluris congratula-se com a análise e decisão dos três reguladores e pelo equilíbrio revelado nas posições por eles tomadas”. De acordo com a mesma informação, a ERC, que tem parecer vinculativo nos negócios dos media, não se opôs “à operação de concentração notificada, por não se concluir que tal operação coloque em causa os valores do pluralismo e da diversidade de opiniões”.

Por sua vez, a ANACOM considerou que, “analisados os elementos disponibilizados relativos à operação de concentração em análise, releva-se que a mesma não suscita questões concorrenciais relevantes nos mercados de comunicações eletrónicas”.

About Patrícia Troca

Apaixonada por Jornalismo, mas rendida ao destino em outras áreas da Comunicação e Relações Públicas. Sou feliz a escrever e a dar voz à ambição das pessoas com quem trabalho, cujos objetivos sempre me apaixonam. Para mim, Comunicar é um Fado.