A concretizar-se a venda de 33,33 por cento do capital da Vasp, por 2,1 milhões de euros, anunciada pela Impresa, neste domingo, a Cofina Media, empresa liderada por Paulo Fernandes, passará a deter 50% do capital da empresa de distribuição de publicações e o restante capital será detido pela Global Media (33,33%) e pela Páginas Civilizadas (16,67%), empresas de Marco Galinha.

A Impresa vende à Páginas Civilizadas e à Cofina, individualmente, 111.000 ações, representativas de 16,665% do capital social da Vasp, pelo preço de 1.050.000 euros.

A Cofina exerceu o direito de preferência em metade da posição da Vasp, após o comunicado da Impresa, de 4 de janeiro, que dava a conhecer a celebração de um contrato-promessa de compra e venda “pelo qual se comprometeu a vender à Páginas Civilizadas, Lda. 222.000 ações, representativas de 33,33% do capital social da Vasp – Distribuidora de Publicações, S.A., pelo preço de 2.100.000 euros”.

A concretização do negócio depende, ainda, de parecer da Autoridade da Concorrência.

About Ana Faustino

Research Team Leader da Cision Portugal
Coordenadora do departamento responsável pela recolha e análise de dados sobre Meios de Comunicação Social (nacionais e internacionais) e Influenciadores (produtores de conteúdos editoriais e influenciadores digitais).
Responsável pelos relatórios anuais do Panorama dos Media e Embaixadora da Cultura e Eventos da Cision Portugal.
Licenciada em Comunicação Social, trabalha em media intelligence, desde 2015.
Gosta de novos desafios, ávida por aprender, sejam idiomas ou a utilização de novas ferramentas e funcionalidades, às quais se dedica afincadamente, com vista a acelerar procedimentos. Autodidata, sempre que necessário.
Não concebe um dia bem passado sem dança, música, literatura ou viagens. Sorridente.